Buscar
  • Danilo Zafani

O risco das vendas em crediário

Atualizado: 14 de Mai de 2020


Principalmente para quem tem um negócio em pequenas cidades, é inevitável a proximidade com a clientela e um velho hábito do comércio: a caderneta de fiado.


Vender no crediário próprio é um hábito que pode proporcionar lealdade e fidelidade dos clientes. É uma forma de fazer com que o cliente volte sempre à sua loja.


Mas o crediário, se não for bem administrado, pode trazer grandes problemas para sua empresa.


Veja alguns dos problemas que o crediário pode trazer:


1) Inadimplência: risco de não recebimento dos valores "marcados" para os clientes.


2) Atrasos: o cliente pode atrasar a data do pagamento que estava programado.


3) O cliente comprar mais do que pagou no mês e aumentar a dívida com sua empresa.


Estes são apenas 3 problemas que podem acontecer. Eu poderia citar muitos problemas mais. Mas quero focar em algumas dicas para que você tenha um crediário saudável. Vamos lá?


1) Estabeleça limite de crédito: cada cliente deve ter um limite de crédito baseado em seu poder de pagamento.


2) Tenha uma política clara de venda no crediário: cada compra é dividida em quantas parcelas? Qual é a data de pagamento de cada parcela?


3) Acompanhe o recebimento do crediário: diariamente você deve ter uma relação das parcelas que venceram no dia anterior e não foram pagas. De posse deste relatório deve iniciar os contatos de cobrança.


4) Estabeleça políticas de cobrança: em quanto tempo de atraso você vai cobrar? Como será a forma de abordagem?


Amigo empreendedor, tomando certos cuidados e consultas a órgãos de proteção ao crédito você pode ter um crediário saudável e que lhe traga muito retorno.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo