Buscar
  • Danilo Zafani

O estoque e o impacto no capital de giro


Você, meu amigo micro e pequeno empresário, já parou para pensar o impacto que o estoque pode trazer para o capital de giro da sua empresa?


Vou discutir um pouco mais profundamente sobre este tema neste post.


É claro para todos que um estoque custa dinheiro e que o dinheiro sai do caixa da empresa, correto? Não, não é bem assim, não está claro para todo empresário este custo do estoque.


Muitas vezes você acha que ter um estoque alto lhe garante vendas e que isto é um diferencial do negócio. Mas, da mesma forma, esquece de analisar como andam as contas bancárias da empresa.


No mundo atual, das margens apertadas, qualquer 1 ou 2% é um baita diferencial na lucratividade das pequenas empresas.


Porém ter um estoque alto pode representar um custo maior do que o desconto que seu fornecedor lhe dá para comprar um volume alto de mercadorias e pagar à vista.


Vou elencar para você algumas questões a serem analisadas sobre o estoque:


1) Você tem controle do giro das mercadorias que seu fornecedor está lhe oferecendo? Se não tem, como pode comprar um volume sem saber em quanto tempo vai vender?

2) Você está com as contas no negativo? Se sim, como vai pagar um volume alto de

mercadorias, mesmo com o desconto oferecido? Quanto isto vai lhe custar nos juros do cheque especial (pois geralmente é nele que você pega dinheiro)? 3) Seus produtos são perecíveis? Você controla a data de validade? Você controla as perdas de estoque? Se não, como sabe quanto perde por mês em mercadorias vencidas?


4) A entrega do seu fornecedor é rápida? Então para que ter estoque alto? Você pode trabalhar com o estoque dele.


5) O custo da mercadoria vendida representa quantos % de sua venda? Se é um valor alto então por que você não analisa com mais cuidado suas compras e seu estoque?


Deu para ter ideia de como seu estoque impacta diretamente em seu capital de giro? Estoque parado significa dinheiro parado também.


Claro que cada negócio tem sua característica que determina os níveis de estoque que são necessários. Mas o que você deve fazer é definir seu estoque de acordo com controles e critérios objetivos.


Resumindo: você não deve ter nem estoque demais nem estoque que não atenda suas vendas. Equilíbrio é fundamental para você não desperdiçar dinheiro. Controle de seu estoque significa economia.

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo